IBOVESPA, o Índice do Brasil

Por Edna Sacramento, CFP®



Certamente você já ouviu falar do Ibovespa quando o jornal ou aquele canal de informações fez referência ao mercado financeiro. Mas afinal, o que é o Ibovespa e para que serve?


O Ibovespa (IBOV) é o principal indicador de desempenho de ações de empresas listadas na bolsa de valores brasileira, a B3. A denominação do Ibovespa significa índice da bolsa de valores de são Paulo, sendo o resultado de uma carteira teórica de ativos determinada de acordo com critérios estabelecidos pela bolsa de negociação.


O índice IBOV tem por objetivo indicar o desempenho médio dos ativos de empresas listadas com negociação aberta, por exemplo, ações (papéis) da Petrobras S.A. (PETR4), a Vale S.A (VALE5), a Gerdau S.A. (GGBR3), entre outras grandes empresas de categoria sociedade anônima (S.A).


A metodologia do IBOV foi elaborada pela própria bolsa de valores em 1968, onde foram criados critérios para determinar a representatividade do mercado de ações por ativos de maior negociabilidade. O Ibovespa é um índice que leva em conta a liquidez das principais ações negociadas, e as ações integrantes do IBOV compõe uma carteira teórica e correspondem por cerca de 80% da negociação e volume financeiro no mercado a vista. Frente ao dinamismo do mercado financeiro o indicador utiliza uma janela de 04 meses de vigência da carteira teórica visando refletir o mercado atualizado ao longo do tempo. Para isso, ao final do quadrimestre há o ajuste dos critérios de negociação das ações listadas na bolsa e define-se a ação vai permanecer, se terá inclusão ou exclusão de novos papéis.


A finalidade do IBOV é atuar como indicador médio do comportamento do mercado acionário, por isso é utilizado como referência quando se trata de informações do mercado financeiro e para investidores do mercado de renda variável (ações e derivativos). A Bolsa é responsável por gerir, calcular e divulgar o Ibovespa em tempo real, e através de sua metodologia simples transmite transparência, segurança e confiabilidade aos participantes do mercado.


Outros Índices


Além do Ibovespa, existem outros índices de referência no mercado. Há índices representados por ações de empresas que possuem políticas de governança corporativa (IGCX), de ações de empresas listadas com capitalização pequena e média (SMLL-MLCX), de ações de empresas listada que têm ações de sustentabilidade (ISE), setoriais (IMOB), entre outras. É possível consultar outros índices no site da B3.


Os tópicos abordados neste artigo não são recomendação ou indicação de investimento, são essenciais para qualquer pessoa entender mais sobre educação financeira.


Para saber mais sobre finanças e investimentos acompanhe os conteúdos da Multiplique, inscreva-se nos cursos ministrados e fique por dentro!


Sobre o autor:


Ednar é graduado em administração de empresas, atua como assessor de investimento com especialidade em renda variável pela XP Inc. Certificado pela Planejar CFP e pela Anbima CEA, trabalha no mercado financeiro desde 2007 e iniciou no pregão viva-voz e eletrônico da B3. Antes da XP atuava como assessor de investimentos para renda variável no banco Itaú Personnalitè.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square