A importância dos investimentos

Por Ednar Sacramento, CFP®




Para a maioria dos brasileiros é difícil entender a importância dos investimentos e os benefícios de investir. No decorrer dos anos pessoas começam a trabalhar, e logo entram num ciclo que vincula grande parte de seus recursos ao pagamento de despesas sem dar relevância ao tema investimentos ou a preservação de recursos (o ato de poupar).


Nos primeiros anos de atividade financeira, os valores recebidos são comprometidos com despesas do cotidiano, viagens, passatempos, com a maioria dos brasileiros atravessando este ciclo sem prever reserva de capital para o longo prazo. Neste cenário, o que fazer para acumular capital e poder desfrutar de estabilidade financeira no futuro sem abrir mão das necessidades essenciais? A resposta é simples: poupe parte de seus recursos e os invista bem!


Ao poupar um percentual de sua renda e criar um plano de investimentos com objetivos, você estimula a maximização de seu patrimônio através de seus rendimentos. Você pode utilizar recursos para despesas essenciais e também para acumular para o momento que mais precisará de dinheiro sem precisar abrir mão de passeios, viagens e outros. Com um plano de investimentos poderá ter estratégia que assegure sua estabilidade financeira, e assim viver com reserva de recursos na aposentadoria ou até mesmo planejar sua sucessão patrimonial.


Mas afinal, o que é um investimento? Consideramos que um investimento se resume em qualquer atividade que produza um ganho futuro, ou, a aplicação de recursos (dinheiro) em determinado produto de investimento que possibilite a quem emprestou receber uma remuneração (juros).


Historicamente, a cultura de investimentos no Brasil é bastante restrita, sendo a poupança um dos investimentos mais conhecido. O mercado de investimentos brasileiro dispõe de mais de 1.000 produtos diferentes, segregados em modalidades com renda fixa, fundos de investimento, ações, produtos estruturados, previdência, entre outros, e a falta de informação das pessoas faz com que tenham muitas dúvidas. Produtos de investimento como poupança e previdência são vistos como uma das únicas opções de investimento no país, e não apresentam rendimentos interessantes. Caso seu dinheiro esteja aplicado na poupança, avalie já! Caso tenha previdência privada, analise! Principalmente porque existem outras opções que são mais rentáveis, e muito mais.


O acesso a outras opções de investimento é muito fácil! Nos últimos anos, a papel do assessor de investimentos ganhou força pela atuação de profissionais qualificados a distribuir investimentos e auxiliar o brasileiro a investir melhor. Com o auxílio destes profissionais, um número maior de pessoas tem acesso a plataformas de investimentos que maximizam o acesso a diversos produtos. Investidores precisam buscar melhores retornos e devem considerar rentabilidade interessante, manutenção da segurança e liquidez dos ativos como principais fatores de avaliação.


  • Rentabilidade: refere-se ao retorno esperado (juros) sobre o investimento;

  • Segurança: avaliação de risco que representa o grau de incerteza sobre o retorno esperado.

  • Liquidez: refere-se à facilidade com que esse investimento pode ser reconvertido em caixa.


Diante da boa estrutura do mercado brasileiro de investimentos é possível criar uma estratégia com benefícios para o investidor. Entre em contato profissionais qualificados de instituições especializadas em investimentos e assim poderá realizar seus investimentos buscando seu bem-estar financeiro!


</