Você sabe a importância da Taxa Selic?

Semana passada o Conselho de Política Monetária (COPOM) decidiu mais uma vez baixar a taxa básica de juros para 9,25% ao ano. E desde então, só se fala nisso...que a taxa Selic voltou para o patamar de um dígito, que os investimentos precisam ser reestruturados, que a poupança voltou a ganhar força, etc.

Neste post queria deixar as discussões que mencionei acima um pouco de lado e tentar fazer uma ligação desta notícia com o conteúdo que estudamos para as provas da ANBIMA.

Basicamente, a primeira coisa que precisamos saber quando nos preparamos para a prova, é como funciona o Sistema Financeiro Nacional.

Ele é composto pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), que é aquele que vai dar as diretrizes, ou seja, direcionar a política monetária, através da definição da meta de inflação, política de crédito e política cambial. É ele que manda na parada toda!

Abaixo dele vem o Banco Central, que vai executar as políticas determinadas pelo CMN.

Uma das ferramentas que o Banco Central tem para colocar a política monetária nos eixos é determinar qual será a meta de taxa SELIC, ou a SELIC META como é usualmente chamada. Através da SELIC o Banco Central consegue controlar a inflação, controlar o consumo, o crédito, a quantidade de moeda em circulação...ufa! Consegue controlar muita coisa.

A economia é uma engrenagem, onde todos os fatores de se encaixam e influenciam uns aos outros. É lindo demais!!!

Quando o Banco Central reduz a meta de taxa SELIC: