A área de investimentos cresce e necessita de pessoas qualificadas

Recentemente escrevi sobre poupança e mostrei alguns dados que a Anbima divulgou na pesquisa Raio X do investidor. Como mencionei nesse artigo, uma informação bastante intrigante foi que “89% dos brasileiros investem em Caderneta de Poupança”. Outros dados da pesquisa mostram um pouco mais sobre o investidor brasileiro. Um exemplo é o dado que diz que “76% dos brasileiros não sabem qual a rentabilidade da poupança” (vimos isso claramente no último debate presidencial, antes do 1º turno das eleições, onde um candidato afirmou que a poupança rende 6% ao ano). Ou seja, a maioria das pessoas investem em algo que não sabem como funciona. Isso mostra que o mercado necessita de profissionais capacitados para poder orientar a população sobre o tema de investimentos.

O que desejo mostrar nas próximas linhas é que o mercado brasileiro possui uma grande oportunidade para expansão de investimentos mais sofisticados (nesse artigo tratarei sobre os fundos de investimentos), e necessitará de profissionais qualificados, que possuam as certificações Anbima para orientar esses investidores.

  • Crescimento do mercado de Fundos de Investimentos

A indústria de fundos de investimentos no Brasil segue crescendo muito nos últimos anos e podemos observar isso no gráfico abaixo.

Vemos que mesmo em momentos de retração no PIB (Produto Interno Bruto), como em 2015 e 2016, tivemos um crescimento no patrimônio dos fundos de investimento.

Com patrimônio acima de 4 trilhões de reais, a indústria cresceu muito na última década e o número de fundos seguiu essa crescente aumentando consideravelmente na classe de multimercados com a abertura de muitas gestoras independentes, que fazem uma atuação quase que exclusiva na gestão de recursos de terceiros. O próximo gráfico demonstra essa evolução do número de fundo nos últimos anos.